quarta-feira, 1 de outubro de 2008

Rato lembra gato e gato lembra...




Amo gato desde pequena. Acho os felinos lindos porque são misteriosos, independentes, limpos (limpos sim!!!!) e sedutores. O gato quando se identifica com o dono, oferece a mais sincera amizade e respeito. Porém quando os sacaneiam... Putz! Eles pegam o caminho da roça e desaparecem por aí. Um gato decepcionado não olha pra trás; sai fora em busca de novos horizontes, de novos donos e de novas moradas.

Os felinos são aventureiros em geral. Quando um gato decide se alojar em uma morada é porque encontrou ali um ambiente harmonioso, feliz. Mas ao receber maus tratos, dá o fora sem perdão. Larga o filé mignon, larga as almofadas de seda e vai pra cantoria no meio da rua. Vai viver só. Gatos amam liberdade. Amam terem seu próprio espaço e sua individualidade respeitada. Não tem dinheiro no mundo que compre a felicidade do bichano. Felicidade para ele é sinônimo de amor, respeito e companheirismo. O dono que entende e respeita os limites impostos consegue do gatinho o impossível! Um gato feliz mia de alegria ao ver seu dono meter as chaves de casa na porta de entrada, passa entre suas pernas fazendo cafuné, deitam no seu colo em busca de atenção...

Os felinos são extremamente sedutores, conseguem o que quer de qualquer um; basta um miado bem dado e pimba! Já foi, seus desejos tornam-se realidade imediatamente! Gatos são intuitivos ao extremo. São capazes de prever os acontecimentos mais terríveis, os mais catastróficos, os mais dolorosos...

Gatos sofrem por antecipação, mas sabem tomar decisões sábias. Gatos lambem quem os ama e arranham quem os maltrata. Gatos podem até perdoar, mas esquecer...

MIAU!!! (Roberta Mattoso)

3 comentários:

http://musicasmabachoro.blospot.com/ disse...

Esse texto eu conheço. Já vi antes, na época que vc tinha flog. Além de adorar esse texto, acho lindo e verdadeiro.
Beijos,
Paola

Brigadeirão disse...

Pronto, atualizei! Eu tardo, mas não falho!!! rs

Bjoooos!

Christiana disse...

Oi, gata! Blz?? :P