quarta-feira, 20 de janeiro de 2010

Salve, São Sebastião! Okê Arô, Oxóssi!

Okê Arô, Oxóssi!

Oxóssi
(Roque Ferreira e Paulo Cesar Pinheiro)

Oxóssi, filho de Iemanjá
Divindade do clã de Ogum
É Ibualama, é Inlé
Que Oxum levou no rio
E nasceu Logunedé!
Sua natureza é da lua
Na lua Oxóssi é Odé
Odé-Odé, Odé-Odé
Rei de Keto Caboclo da mata Odé-Odé.
Quinta-feira é seu ossé
Axoxó, feijão preto, camarão e amendoim
Azul e verde, suas cores
Calça branca rendada
Saia curta estampada
Ojá e couraça prateada
Na mão ofá, iluquerê
Okê okê, okê arô, okê .
A Jurema é a árvore sagrada
Okê arô, Oxóssi, okê okê
Na Bahia é São Jorge
No Rio, São Sebastião
Oxóssi é quem manda nas bandas do meu coração

No sincretismo religioso, São Sebastião é representado pelo orixá Oxóssi na Umbanda. E como hoje é dia do Padroeiro do Rio de Janeiro, nada melhor do que salvar Oxóssi também.
Segundo a lenda africana, Oxóssi é o rei das matas, caçador, filho de Yemanjá e representa também a fartura e a riqueza.

2 comentários:

Anônimo disse...

Salve!!!

YBrussel disse...

Okê Arô !

Bjs